Qual a diferença entre Coaching e Mentoring?
Ligue já 910 932 815

Qual a diferença entre Coaching e Mentoring?

Em que situação devemos recorrer a cada um dos processos?

Diferença entre Coaching e Mentoring

 Os processos de coaching e mentoring são apontados muitas vezes como sinónimos, por existirem características semelhantes entre eles, mas, definitivamente, não são a mesma coisa!

Artigo de opinião, Bianca Lima Santos

 

Por vezes, em algum momento da nossa vida, podemo-nos sentir desorientados, frustrados, sem foco, parecendo que por mais que andemos não saímos do sítio, como diz a expressão “pescadinha de rabo na boca”. Nesses casos, existem processos que podem ajudar, como o coaching e/ou o mentoring, mas sabe exatamente quando solicitar cada um desses serviços?

Vamos começar por clarificar, rapidamente, em que consiste cada um dos processos.

 

O que é o Coaching?

 

Coaching é um processo de desenvolvimento de ferramentas e competências para conseguir alcançar uma meta num período de tempo previamente definido. Para isso, o coach irá auxiliar o seu coachee a sair do ponto de situação em que se encontra, utilizando estratégias que promovam maior empenho, foco e ação, onde, em conjunto, irão desenvolver tarefas para que as metas sejam alcançadas num prazo pré-definido.

O coach não precisa de ter experiência na área do seu cliente e, também, não é a sua função aconselhar e dar soluções para os seus problemas. O processo de coaching passa por auxiliar no autoconhecimento, de forma a que o coachee procure respostas através das questões e tarefas que lhe são direcionadas, fazendo com que ele ganhe mais consciência das suas capacidades, do seu valor e dos seus objetivos, empoderando-se das suas respostas, agindo de forma assertiva e concretizando os seus objetivos, seja na vida pessoal ou na carreira profissional.  

De salientar que o coaching não deve ser confundido com a consultoria em gestão de carreira, onde é feita uma abordagem mais orientadora e diretiva, dando sugestões concretas de cariz técnico, estratégico e tático para que o cliente desenvolva competências que lhe permitam ter maiores possibilidades de integrar o mercado de trabalho, sendo que a gestão de carreira destina-se a apoiar os desempregados a encontrar um novo emprego e a recolocar ativos nos quadros das empresas.

 

O que é o Mentoring?

 

O mentoring, ou em português mentoria, é uma relação entre duas pessoas, onde uma pessoa com menos experiência e geralmente mais jovem, a ingressar no mercado, função ou empresa, é orientada por uma pessoa mais velha, que irá partilhar os seus conhecimentos e experiências, orientando e aconselhando o desenvolvimento da carreira, como por exemplo o programa de mentoring e voluntariado preventivo, SAGAZ.

O Mentor ajudará o mentee, ou mentorado, a aprender e a crescer numa relação de compromisso, onde ambos possuem níveis de experiência diferentes. Essa relação pode ser formal ou informal, mas a diferenciação desses dois métodos é assunto para um próximo artigo. O que é importante focar é que o mentor irá ajudar o mentorado partilhando ensinamentos profissionais, podendo estes ter uma perspetiva pessoal, ajudando-o a ultrapassar as suas principais dificuldades, que porventura estejam a atrapalhar o seu sucesso.

 

SAGAZ

 

Então qual a principal diferença entre coaching e mentoring?

 

Muito provavelmente enquanto lia as definições acima, já foi identificando algumas peculiaridades de cada um dos processos. Vou deixar ainda mais claro, afinal, este é o nosso principal objetivo.

Vejamos, se por um lado o coaching é um processo que ajuda a pessoa a agir, otimizando o seu potencial, ao procurar sair do estado atual de forma a alcançar os seus objetivos, o mentoring é direcionado para a orientação profissional e pessoal, onde o mentor tem um alto nível de experiência, com sustentação teórica e prática para auxiliar uma pessoa menos experiente. Como ferramentas básicas, o coach utiliza as perguntas e o mentor recorre aos diálogos, com o objetivo de transmitir os seus conhecimentos e dar orientação relacionada com a rotina de trabalho, recorrendo também ao aconselhamento.

Até aqui já abordamos a diferença entre coaching e mentoring, mas vamos acrescentar mais alguns pontos importantes, focando-nos, agora, nas sessões. No coaching o foco é direcionado para a ação e a concretização dos resultados, envolvendo o presente e o futuro, no mentoring está direcionado para o desenvolvimento de carreira, abrangendo passado, presente e futuro.

A propósito da abordagem, no coaching esta irá centrar-se nos resultados a ser alcançados, enquanto no mentoring a preocupação é como agir no âmbito profissional e de carreira. De salientar que a pessoa responsável pelo processo de coaching é um coach, que terá que ter certificação. Já no processo de mentoring o responsável é um mentor, que não precisa de ter uma certificação específica, contudo tem que atender aos requisitos e ter experiência e conhecimento numa área em concreto. Por fim, relativamente à duração do processo, no coaching há um número de sessões que apresentam durações pré-estabelecidas e no mentoring é mais livre, não existindo um número limite de sessões e duração das mesmas.

Deve estar a questionar-se: “Quais os resultados que se pretendem conquistar com cada um destes processos?” Durante o texto deixei escapar algumas informações, mas vou sintetizar. No coaching procura-se alcançar as metas e objetivos, no mentoring o foco está na transferência de conhecimento e a expertise para o desenvolvimento de competências pessoais e profissionais. Assim, o mentoring pode recorrer a estratégias de coaching, mas o contrário não é possível.

 

Ebook Gestão de Carreira e o Papel da Psicologia

Se quer dar um novo rumo à sua empresa ou carreira fale connosco hoje mesmo!

Formulário de contacto